Geddel, Cunha e mais 16 viram réus no âmbito da Cui Bono

O juiz Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara da Justiça Federal em Brasília, aceitou nesta quarta-feira a denúncia contra Geddel Vieira Lima, Eduardo Cunha, Henrique Eduardo Alves e mais 15 pessoas, informa o G1.

Com a decisão eles se tornam réus.

A denúncia foi apresentada na Operação Cui Bono, que apura irregularidades em operações da Caixa Econômica Federal em troca de pagamento de propina.

Também se tornaram réus Lúcio Funaro e Fábio Cleto, ex-vice-presidente da Caixa.

O futuro do Brasil: venha discutir com DIOGO MAINARDI, MARIO SABINO, CLAUDIO DANTAS e convidados. AQUI
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO