Geddel é acusado de desviar dinheiro da Caixa

Geddel Vieira Lima foi vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal de 2011 a 2013, período investigado pela Operação Cui Bono:

De acordo com o MP, Geddel, Eduardo Cunha e Lúcio Funaro desviaram “de forma reiterada recursos públicos a fim de beneficiarem a si mesmos, por meio do recebimento de vantagens ilícitas, e a empresas e empresários brasileiros, por meio da liberação de créditos e/ou investimentos autorizados pela Caixa Econômica Federal em favor desses particulares”.

Faça o primeiro comentário