ACESSE

Geddel queria quebrar sigilo da PF

Telegram

A defesa de Geddel Vieira Lima queria quebrar o sigilo telefônico do Núcleo de Inteligência da Polícia Federal em Salvador, para saber de quem partiu a denúncia anônima sobre o apartamento onde o ex-ministro guardava R$ 51 milhões.

Os ministros da Segundona rejeitaram o pedido estapafúrdio.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 34 comentários