ACESSE

General brasileiro que irá para os EUA nega subordinação a Washington

Telegram

O general-de-brigada Alcides Valeriano de Faria Júnior, primeiro brasileiro a integrar o Comando Sul das Forças Armadas dos EUA, negou à Folha que sua indicação signifique algum tipo de subordinação de Brasília a Washington.

“Caso alguma decisão seja tomada [pelo Comando Sul], eu, como general, devo apresentar o ponto de vista militar brasileiro de maneira leal e responsável”, escreveu Alcides ao jornal paulistano.

“Caso a decisão soberana dos EUA não esteja de acordo com a posição política nacional, o Brasil pode determinar meu regresso e eu, como militar, funcionário de Estado, retorno imediatamente”, acrescentou.

General de duas estrelas, Alcides tem 52 anos e hoje comanda a 5ª Brigada de Cavalaria Blindada de Ponta Grossa. Ele viajará para os EUA em maio e assumirá o cargo de subcomandante de Interoperabilidade.

 

QUAL É O PAPEL DOS MILITARES NO NOVO GOVERNO? SAIBA MAIS AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 53 comentários