Genu continuará solto

A Segunda Turma do STF também manteve João Cláudio Genu, ex-tesoureiro do PP, livre, leve e solto.

Preso em maio deste ano depois de ter sua condenação no âmbito da Lava Jato confirmada pela segunda instância, Genu foi para casa no mês seguinte por decisão de Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Dias Toffoli.

Hoje o trio confirmou a soltura.

Ficaram vencidos, como de costume, Edson Fachin e Celso de Mello.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 4 comentários
  1. bolivariano se prepara para soltar seu lider maior. O terreno já foi preparado. Não vai demorar muito para fugirmos de BRAZUELA assim como os venezuelanos fazem em relação a prima Venezuela

  2. Fachin se antecipou, pisou na bola. Era pra ter segurados esses processos (Genu e Dirceu) e só liberado quando Carminha já estivesse na segunda turma. Com ela, seria 3 X 2 pra nós.