“Geraldo está muito bem consigo mesmo”

O deputado federal Marcus Pestana, secretário-geral do PSDB, disse a O Antagonista que Geraldo Alckmin está “tranquilo” para o debate de logo mais.

“O Geraldo está numa fase da vida em que está muito bem consigo mesmo, consciente da complexidade do quadro e do papel dele.”

Segundo Pestana, o candidato tucano deve reforçar hoje na Rede TV que “não é momento para mais radicalismos, populismos ou demagogias, e sim de experiência e capacidade de diálogo”.

“O Geraldo não vai mudar, não fazer pirotecnia. Em momento de crise aguda, a tendência é que as pessoas optem por segurança, e não por aventura.”

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 32 comentários
  1. Geraldo Orcrimin está bem mesmo , ladrão não tem vergonha na cara mesmo . Aquela corridinha no fundo da Delegacia me lembrou Rodrigo Rocha Loures , só faltou a mala com rodinhas .

  2. Alstom, Dersa e Rodoanel, PCC e os ataques de 2006, Planilhas da Odebrecht, Falsa oposição do PSDB ao PT, Pacto de Princeton, apoio a pautas progressistas como dos banheiros unissex. É só escolher.

    1. Tem razão, presidente do clube dos mentirosos, vice dos corruptos e diretor dos fingidos. Vida longa o espera na cadeia.

  3. Pois é, não há como não lembrar do personagem da Escolinha do Prof. Raimundo: Geraaaaaldo! O do PSDB também é cheio de estórias, mas sem graça alguma, além de corrupto e mentiroso… Acabou a farra!

  4. Segurança? Com um governo vendido ao Centrão de Valdemar Costa Neto, Roberto Jefferson, Ciro Nogueira e Paulinho da Força? Ora francamente…vão plantar batatas! #BOLSONAROPRESIDENTE

  5. Fraco, irrelevante e de índole questionável. Ainda por cima fez aliança com boa parte do esgoto político nacional e defende esses quadros nojentos. Faça o favor de voltar ao ostracismo Chuchu/Santo.

  6. Geraldinho, você e toda essa Súcia do PSDB já me obrigaram a votar em vocês como única opção. Espero que numa profunda expiação você tenha aprendido alguma coisa. Não conte mais comigo.