Gilberto, você disse à PF que ela deveria ser cerceada?

O Estadão noticia que Gilberto Carvalho apresentou-se espontaneamente à PF, para prestar depoimento, visto que o seu nome aparece na agenda do lobista APS, preso hoje, na Operação Zelotes.

Diz o jornal:

“Segundo investigadores, Gilberto Carvalho foi citado por vários personagens envolvidos no suposto esquema de compra de Medidas Provisórias. O ex-ministro teria se reunido com representantes das montadoras para tratar dos incentivos fiscais quatro dias antes da edição da MP 471. Um encontro consta de uma agenda do lobista Alexandre Paes dos Santos, que atuava em conjunto com a Secretaria-Geral da Presidência, uma das empresas de lobby envolvidas na negociação. ‘APS’, como é conhecido, tem ligações com a ex-ministra Erenice Guerra, que era secretária executiva da Casa Civil na época das tratativas.”

O Antagonista gostaria de saber se Gilberto Carvalho teve peito de dizer à PF que a instituição deveria ser cerceada pelo Ministério da Justiça, porque ela quer enfraquecer politicamente Lula.

Faça o primeiro comentário