Giles fala em nome de Dilma

Edinho Silva já estava todo enrolado na Lava Jato.

A denúncia da Andrade Gutierrez contra Giles Azevedo, porém, “é tida como um dos pontos mais sensíveis da delação, justamente por seu potencial de dano à presidente da República”, explica a Veja.

De fato, “de todos os auxiliares de Dilma Rousseff, ele é o mais próximo da presidente. É dos poucos autorizados, no governo e fora dele, a falar em nome da petista”.

Procurado pela Veja, Giles Azevedo disse que “esteve uma única vez com Otávio Azevedo em 2014, mas não informou o motivo da reunião”.