Vídeo: Gilmar chora em despedida de Celso

Vídeo: Gilmar chora em despedida de Celso
Foto: Reprodução/STF/YouTube

Na última sessão de Celso de Mello na Segunda Turma do STF, Gilmar Mendes embargou a voz e se emocionou ao final de um discurso de homenagem ao ministro.

“Qualquer tentativa de registro do significado da trajetória do decano, contudo, seria certamente incapaz de apreender o simbolismo de sua figura para os membros do tribunal. A presença de Celso no Supremo não se esgota neste caloroso momento. Será ela constantemente projetada por todos os que creem na relevância da jurisdição constitucional para a construção de uma sociedade democrática e justa. Um abraço, caro Celso, de todos nós”, disse ao final.

Antes, Gilmar Mendes destacou votos de destaque do decano em 31 anos de Supremo. Entre os casos mais recentes, citou o voto contra a prisão em segunda instância, o que equiparou a homofobia ao crime de racismo e o que liberou a realização da Marcha da Maconha.

Após discursos de homenagem dos demais ministros, Celso de Mello agradeceu. “Me despeço com um adeus dessa colenda Segunda Turma, muito obrigado”, disse o decano, também com voz embargada.

Assista:

Leia mais: De Mario Sabino para Luiz Fux: os conselhos são para o ministro; os benefícios, para o país
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO