Gilmar confia na urna eletrônica

Gilmar Mendes disse hoje que confia “totalmente” na urna eletrônica e acha que as suspeitas sobre o sistema são lenda urbana. Vice-presidente do TSE, o ministro defende mais transparência para aumentar a confiança.

“Precisamos tornar transparentes nossos sistemas de verificação, aumentar as verificações paralelas, para que o usuário saiba que não há a possibilidade de manipulação”, diz.

Sobre a impressão do voto, Gilmar foi evasivo: “Não vejo nem com bons nem com maus olhos.”

Faça o primeiro comentário