Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Gilmar dá a auditor bolsonarista direito ao silêncio na CPI da Covid

Alexandre Marques, que deve depor nesta quinta (17), incluiu no sistema do TCU documento com informações falsas sobre 'supernotificação' de mortes por Covid, citado no dia seguinte por Jair Bolsonaro
Gilmar dá a auditor bolsonarista direito ao silêncio na CPI da Covid
Reprodução/Youtube

Gilmar Mendes concedeu habeas corpus e permitiu que Alexandre Marques, auditor bolsonarista do TCU, permaneça em silêncio na CPI da Covid quando questionado sobre temas que possam levá-lo à autoincriminação, informa Ana Viriato na Crusoé.

O servidor, cujo depoimento ao colegiado está marcado para esta quinta (17), não poderá, porém, faltar com a verdade em relação às demais perguntas.

Como revelou a revista, foi Marques que incluiu no sistema do TCU um documento com informações falsas sobre a suposta supernotificação de mortes por Covid no Brasil, citado no dia seguinte por Jair Bolsonaro.

LEIA AQUI a íntegra da reportagem; assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO