Urgente: Gilmar decide a favor de Flávio Bolsonaro em caso das rachadinhas

Urgente: Gilmar decide a favor de Flávio Bolsonaro em caso das rachadinhas
Foto: Nelson Jr/STF

Gilmar Mendes acaba de conceder uma liminar em favor de Flávio Bolsonaro.

O ministro do STF, na prática, travou o julgamento previsto para a próxima segunda-feira (25), quando desembargadores do TJ do Rio decidiriam se o processo envolvendo o filho do presidente da República no caso das rachadinhas na Alerj voltaria para a primeira instância, como defende o Ministério Público, ou continuaria no foro privilegiado do Órgão Especial do tribunal.

Há uma ação sobre esse assunto tramitando no STF e Gilmar, então, acolheu um pedido da defesa de Flávio para que o TJ do Rio não decida nada enquanto o tema estiver sendo tratado na Suprema Corte.

Flávio, com isso, ganha tempo. A liminar de Gilmar neste sabadão não deixa de ser uma derrota para o MP. As investigações permanecem, por enquanto, na segunda instância, mas paradas. O filho do presidente já foi denunciado, mas a indefinição quanto à instância de julgamento pode impedir o avanço do caso — inviabiliza, por exemplo, que os desembargadores analisem a denúncia e decidam se o senador vira réu e passa a responder a processo criminal.

Ontem, como informaram Andréia Sadi e Cecilia Flesch no G1, Flávio e Frederick Wassef se encontraram: os dois viajaram juntos de São Paulo para o Rio (veja aqui as imagens). Wassef foi advogado de Flávio no caso das rachadinhas, cujo pivô é Fabricio Queiroz, mas foi obrigado a deixá-lo em julho de 2020, quando a PF prendeu o ex-assessor na sua casa em Atibaia.

Leia mais: Leia agora as principais reportagens da nova edição da revista Crusoé
Mais notícias
TOPO