ACESSE

Gilmar disse a Bolsonaro que achava 'inadequada' sua participação em atos antidemocráticos

Telegram

Em entrevista à GloboNews, Gilmar Mendes afirmou neste domingo que certa vez disse a Jair Bolsonaro que achava “inadequado” participar das manifestações antidemocráticas.

Em resposta, segundo o ministro do STF, o presidente afirmou que as manifestações estavam “se civilizando”, com a retirada das faixas contra as instituições.

Gilmar disse ainda que o habeas corpus de Abaham Weintraub perdeu o objeto porque ele compareceu para depor.

Questionado sobre o artigo 142, evocado por bolsonaristas para justificar intervenção militar, o ministro afirmou: “Me parece uma viagem de lunáticos.”

Leia também: STF x Bolsonaro: o presidente ainda mais exposto a riscos

Comentários

  • Gustavo -

    Se os atos eram reconhecidamente antidemocráticos, não deveriam nem acontecer e houve omissão das autoridades

  • Vera -

    Não temos motorista particular. Não tomamos vinhos premiados. Não comemos lagostas. Somos trabalhadores pés no chão !

  • Ivan -

    Dos ídolos da bandidagem Gilmar ainda é o maior mesmo com os esforços de Celso de Melo, Lewando, Tofoli, Alexandre, Marco Aurélio. Gilmar é imbatível, os demais são aprendizes mas chegarão lá.

Ler 86 comentários