Gilmar diz que muitas vezes tem de ‘nadar contra a corrente’

Em Portugal, o ministro Gilmar Mendes, do STF, foi questionado sobre sua decisão de negar a transferência de Sérgio Cabral para o presídio federal em Campo Grande.

Ele disse aos jornalistas:

“A nossa função no Supremo Tribunal Federal, sobretudo, mas na magistratura em geral, muitas vezes é uma função contra majoritária. Isso significa que muitas vezes nós temos que nadar contra a corrente.”

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler 46 comentários
  1. Ele viaja demais para quem é ministro que tem milhoes de processos para dar andamento! Ele gasta demais e ele é Pessimo demais… FORA!!!!!

  2. Correnteza. Mas, FREUD EXPLICA, o danado disse corrente …
    Grilhões.
    É fato, ele não gosta dos grilhões … DA LEI. E quebra todos. Vergonha de pessoa, esse mato-grossense, cujos rios são cheios de um determinado peixe que vive em cardumes …

  3. Nadar contra a corrente… do bem. Esqueceu de completar a frase. Acho a frase infeliz, fica parecendo que o ministro quer apenas ser “do contra”. Tipo garoto mimado, quando é contrariado. De qualquer forma é irritante a atitude de Gilmar e de alguns outros ministros, em sua “suprema” arrogância. Alguns no STF se acham acima de tudo e de todos – inclusive da lei, como Lewandowski no impeachment – e outros têm certeza que o são. Gilmar adora ficar acusando a PGR/MPF, mas eles têm como ser fiscalizados, já os ministros… Um horror ter que conviver com isto! Tem que se dar um basta nestas arbitrariedades do STF.

  4. Problema é que não é só, é cardume.
    De qual peixe mesmo ?
    Começa com PI, tem aos montes na terra desse biltre, e não é pirarucu.

  5. Mas ele está nadando é a favor da corrente e não contra, isto é praxe no supremo sempre estar ao lado de bandidos e não o contrário. Esse Gilmar Mendes fala muita bobagem!

  6. .
    Gilmar diz que muitas vezes tem de ‘nadar contra a corrente’…
    .
    .
    … Principalmente quando está corrente vai de encontro ao PSDB, PMDB, PP , PPS e Dem.

  7. “A nossa função no Supremo Tribunal Federal, sobretudo, mas na magistratura em geral, muitas vezes é uma função contra majoritária. Isso significa que muitas vezes nós temos que nadar contra a corrente.”
    O problema, Beiçola Mendes, é quando juízes gratos ou temerosos de que suas ligações criminosas venham à tona fazem da exceção regra de conduta.
    Beiçola Mendes é muito previsível..

  8. Às vezes, nadar contra correnteza, mas sempre a favor de bandidos ricos e corruptos poderosos.
    É um pilantra despudorado.

  9. Gilmar quer dizer covardia, contra o povo brasileiro neste momento em que protege ladrões que provocam indiretamente a morte de milhões.

  10. O PT passa a ideia de que o jornal da GloboNews só persegue o Lula!


    Ou seja: De que a GloboNews persegue de graça o Lula.
    

**

    Ou seja: se PT conseguiu fazer edição das falas e imagens do Bonner falando mal de Lula;
    

do Camarotti (excelente jornalista nordestino) falando 12 vezes mal de Lula;
    da Cristiane Lobo falando mal dezenas & fazer disso um Produto de Marketing
    Político (“vender” bem um produto de consumo, via técnicas elaboradas de marketing):
    como a Globo seria a favor do PT? Se o PT odeia o jornalismo da Globo?… Esquisito, não?
    
***

    Então, me responda essa aqui, por que o GloboNews seria esquerdalha???


    Ou a favor de PT?

    É paradoxal.

  11. Beiçola, seu histórico é de dar guarida a políticos bandidos e endinheirados. Você fede e
    a Cármen Lúcia finge de égua.

  12. Nada contra a corrente só para ser diferente.
    Poderia fazer o certo, que é nadar para onde todos estão indo.
    gilmar não é melhor que Bretas. Deu sorte de estar em estância acima.

  13. Se não causa à ele, no mínimo, a mais alta indignação de facilitar a vida do ex governador que roubou o estado e prevaricou gravemente na função, destruindo e se omitindo de promover infraestruturas e organização em um estado cheio de favelas e pobres, com inúmeras dificuldades sociais, em que a maioria nem tem saneamento básico, se mesmo ele vendo que um colega juiz foi desacatado, que se está pondo a justiça a qual ele representa, ou devia, está cativa de bandidos aqui e ali, e toda uma população por causa do mal feito de quem ele facilita a vida, está sofrendo risco de vida, o que ele continuar a dizer é irrelevante como ser humano e como Ministro. Deve ser impedido de continuar nesta função. Vive em Portugal, tem regalias de ministro , ganha ,muito bem e o resto que se dane enquanto se pavoneia.

  14. O ministro está humilhando todos os magistrados das instâncias abaixo do STF, inclusive contrariando a jurisprudência e a constituição. Pior ainda não sabemos qual o motivo, não seria somente por ele ter o tal IDP onde alguns outros ministros dão palestra e no qual parece ter muitos patrocínios privados inclusive de investigados que julga (impedimento). Aparentemente ele está dando as cartas na luta a favor da impunidade.

  15. Claro, cumprir os ditames da lei de encarcerar bandidos é mera formalidade. Dizia Lenin, que não importa quem vota, o que importa é quem conta. O mesmo vale para lei. Não importa o que está escrito, o quem importa é quem interpreta.

  16. Entende-se, nadar contra a jurisprudência da própria corte de que faz parte, decidir com base na cara do paciente, como brilhantemente torpedeou o, este sim um juiz que merece respeito, Barrozão.

  17. Ou seja: mesmo que 99% da população acredite que o lugar de um assassino ou corrupto seja a cadeia, o ministro Bei.ço.la pode ir contra essa corrente e libertá-lo, simples assim. Esse traste foi mais um presente de grego que o PSDB nos deu.

  18. Ignora a ordem desse cafajeste Bretas, manda o preso para Mato Grosso, deixa o juiz Capivara nadando contra a corrente!

  19. Você pode nadar até contra a corrente por algum tempo.
    Mas no fim você cansa e a corrente sempre vence.
    Tem outros 10 ministros que irão rever sua posição. Eles são a corrente.

  20. … que as intenções deste senhor tenha por base o Direito ou a Justiça?
    Eu consigo pensar em somente em duas pessoas: Reinaldo Azevedo e Carlos Andreazza(JP).
    Mas duvido que eles acreditem nisso de fato. No mínimo, são cúmplice em alguma coisa(um dia a verdade haverá de aparecer).

  21. Às vezes é preciso nadar contra o excesso de provas, contra decisões já tomadas pelo próprio STF, contra os valores históricos da sociedade e contra o desejo dos pagadores de impostos de parar de financiar a roubalheira escancarada. Só assim consigo proteger quem eu quero!

  22. Gilmáfia, seu mer.da, quem nada contra a corrente para fazer o correto, o que prevê a constituição, é juiz Moro, juiz Bretas, procuradores Deltan e Carlos Fernando, delegado Márcio Anselmo, as 6 milhões de pessoas que foram às ruas nos últimos anos para impedir A DESTRUIÇÃO DA NOSSA ECONOMIA, COM O AVAL DO STF!! SEU BOS.TA AMBULANTE!

  23. Na verdade boca mole, não é nadar contra a corrente, mas sim contra a lei, como costumas a fazer.
    Para ti boca mole, nem o código processo civil vale, impedimento e suspeição não existe, vide caso daquele inseto do barata.
    Então boca mole, VÁ ENGANAR CARVALHO !!!!!
    Só não esqueça de uma coisa: A justiça dos homens pode falhar, agora a DEUS ….

    1. Exatamente ele nada contra as leis e não contra a corrente, a hora dele está chegando o país não suporta ser governado por bandidos!

  24. Pelo Twitter, FÁBIO ASSUNÇÃO e CAETANO VELOSO defendem LULA, convocam MILITÂNCIA, ATACAM Sérgio Moro e dão o RECADO: “”Vamos à Curitiba TIRAR ESSE PALHAÇO””

  25. Gilmáfia Mendes é um pedaço de bos.ta nadando contra a corrente em direção ao inferno!!

Os comentários para essa notícia foram encerrados.