Gilmar e a cassação de Dilma no TSE

Numa votação simbólica por 10 x 1, o plenário do STF reconduziu Gilmar Mendes ao TSE.

Em maio, o ministro substituirá Dias Toffoli na presidência do tribunal eleitoral, já na reta final do julgamento da ação de impugnação de mandato eleitoral de Dilma Rousseff.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200