Gilmar garante a executivo da Vale direito ao silêncio em CPI

Gilmar Mendes garantiu ao gerente da Vale Joaquim Pedro de Toledo o direito de não responder perguntas na CPI de Brumadinho no Senado.

Toledo foi convocado como testemunha para prestar esclarecimentos nesta terça, às 13h.

O executivo é investigado pelo Ministério Público, Polícia Federal e Polícia Civil de Minas Gerais, e a defesa entende que ele não poderia ser questionado como testemunha, condição na qual seria obrigado a falar a verdade.

Comentários

  • Maria -

    Não entendi. Quando você é chamado para testemunhar algo, não é para você falar a verdade? GM tripudia!

  • Sandra -

    Mais a ideia é essa, falar a verdade, qual o problema?

  • Marcelo -

    É o direito de mentir. Piada!

Ler 49 comentários