Gilmar liberta condenados em segunda instância

Gilmar Mendes concedeu liminar contra a execução de pena em segunda instância para quatro réus apanhados pela Operação Catuaba, que investiga sonegação fiscal no setor de bebidas.

Os réus estavam presos desde junho do ano passado.

Gilmar é um ministro coerente.

Comentários

  • JL -

    Para esse senhor apenas presos pobres devem permanecer na cadeia. Bandidos ricos e poderosos, não. Minha pergunta é a seguinte: até quando o poder judiciário vai tolerar essa afronta, cometida por esse senhor, à sociedade brasileira?!

  • Aldo -

    A impressão que tenho deste senhor é que ela parece agir como aquele menino birrento e mimado: todos querem uma coisa, eu faço diferente porque posso. É como aquele menino chato que é o dono da bola.

  • Pimentinha -

    Só uma pergunta. PORQUE ESTE HOMEM AINDA ESTA OCUPANDO UMA CADEIRA NA SUPREMA CORTE ?

Ler 174 comentários