“Gilmar Mendes não tem nenhum limite moral”, diz o senador Alessandro Vieira

“Gilmar Mendes não tem nenhum limite moral”, diz o senador Alessandro Vieira
Foto: O Antagonista

Durante entrevista ao Papo Antagonista, o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) criticou a atuação do ministro Gilmar Mendes no Supremo Tribunal Federal. Para ele, o pedido de instauração da CPI da Covid poderia ter sido engavetado caso caísse nas mãos de Gilmar.

Na semana passada, o ministro Luís Roberto Barroso determinou que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), instale a CPI da Covid.

“O Gilmar Mendes é uma figura que reúne três características que são muito perigosas: ele é muito inteligente e capacitado, ele é muito criativo e não tem nenhum limite moral. Absolutamente nenhum limite moral. Então, em várias situações, ele usa a força que tem como ministro para construir algumas teses absolutamente malucas”, disse Vieira.

“Eu imagino que, se esse processo tivesse caído com o Gilmar e não com o Barroso, ela teria ido para a gaveta. A inteligência dele é suficiente para julgar rasgando a Constituição de qualquer jeito ou não julgar. O que tem de liminar, de processo criminal guardado na gaveta do Gilmar esperando prescrição é um escândalo”, afirmou o parlamentar.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO