Gilmar Mendes poderá continuar no Twitter

Gilmar Mendes poderá continuar no Twitter
Foto: SCO/STF

Não, senhoras e senhores, a mordaça imposta pelo CNJ a magistrados nas redes sociais não se aplica a ministros do Supremo Tribunal Federal.

Gilmar Mendes, por exemplo, poderá continuar no Twitter.

A menos, é claro, que renuncie espontaneamente a este que passou ser um privilégio para togados: o da liberdade de expressão.

A PF concorda com Lula: Lulinha é um "fenômeno" dos negócios... Mais aqui
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO