Gilmar mudou para melhor

Em entrevista à Rádio Estadão, o ministro Gilmar Mendes explicou por que mudou de opinião em relação à prisão de condenados em segunda instância (ontem ele votou a favor):

“O Brasil é um país um tanto surreal no que diz respeito ao sistema criminal, prende muita gente provisoriamente e depois quando se trata da condenação definitiva não consegue executar.”

Não raro, mudar de opinião é um grande sinal de inteligência.