Gilmar nega habeas corpus de ex-dirigente da Fetranspor

Gilmar Mendes negou (sim, você leu corretamente) habeas corpus de José Carlos Lavouras, ex-conselheiro da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio (Fetranspor).

Lavouras teve a prisão preventiva decretada em julho do ano passado pelo juiz Marcelo Bretas, na Operação Ponto Final, que investiga pagamento de propina por parte de empresários de ônibus a políticos.

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 57 comentários
  1. Não há motivo pra espanto. O gajo tem dupla nacionalidade, no caso portuguesa. E está por lá, portugal já negou a extradição. Portanto, Gilmar jogou pra galera, ele está e continuará solto.

  2. O boca de sapo nada fez porque o Lavouras é cidadão português, e encontra-se belo, formoso e solto em terras lusitanas.Caso este estivesse preso certamente o HC seria liberado como de praxe.

  3. Que publicação mediocre, .please postem aqui os pedidos de prisão, principalmente o segundo do corrupto dos onibus, .até juiz de primeira instancia daria o HC, de tão enfantil.