Gilmar quer 'uniformizar' procedimentos para delação

Telegram

Em evento do TSE, que preside, Gilmar Mendes disse ser “inevitável” uma uniformização dos procedimentos para conduzir acordos de delação premiada.

“Estamos correndo o risco de que cada ministro [do STF] decida de uma forma essa temática, então é preciso que haja uma uniformização. Isso se coloca para o Brasil todo.”

Gilmar disse ainda que “as colaborações premiadas são extremamente relevantes e isso está provado, acho que é inegável. Agora, elas também vêm tendo problemas. E isso também parece inegável”.

E elogiou o “despacho bastante fundamentado” de Ricardo Lewandowski ao devolver à PGR a delação premiada do marqueteiro Renato Pereira.

Comentários

  • Mirian -

    NÃO ENTENDO COMO ESTES EVENTOS CONVIDAM ESTE MINISTRO BANDIDO...QUE SÓ SABE SOLTAR BANDIDOS ... NINGUÉM DEVERIA CONVIDA-LO PARA MAIS NADA...

  • Nélio -

    O papel de um judiciário digno do nome não é legislar (ouviu, Barroso?), e sim fazer cumprir a lei. O resto é baderna e caos. Cada um no seu quadrado. Isso é o que dá querer conduzir os trabalhos no STF com a presidência vaga. Os ratos tomam cona...

  • Khaled -

    Vindo de Gilmar Laxante!! Vem treta aí!! Tudo pela Orcrim.

Ler 26 comentários