Gilmar rebate Dilma

Em seu voto sobre os embargos do rito do impeachment, Gilmar Mendes aproveitou para criticar a nomeação de Lula como ministro da Casa Civil.

Mesmo não tendo acompanhado o pronunciamento de Dilma, Gilmar ofereceu um contraponto. Disse ele que o ex-presidente foi nomeado sob “pretexto de dar sobrevida ao governo e algum conforto” ao investigado, com o foro privilegiado do STF.

“É quase uma acusação de que essa Corte será complacente, compreensiva com os malfeitos”, disse o ministro.

Ele lembrou que a colaboração premiada do senador Delcídio do Amaral aponta Lula como o autor intelectual do mensalão e do petrolão.