Gilmar relata que procuradores do Rio ameaçaram Eike de estupro na prisão

O site Migalhas publica que, enquanto votava pelo trancamento do inquérito contra o governador tucano Beto Richa, Gilmar Mendes disse que procuradores do Rio de Janeiro ameaçaram Eike Batista de ser estuprado na prisão:

“Parece pelas notícias que correm que os promotores se entusiasmaram em demasia com aquilo que se chama de ‘investigação à brasileira’.”

Gilmar disse que ouviu o relato de advogados e acrescentou:

“Se isso é minimamente verdade, é algo repugnante.”

Se isso for minimamente verdade, o CNMP tem de investigar os procuradores.

Se for minimamente mentira, o CNJ tem de investigar Gilmar Mendes. Nesse caso, ele teria feito o mesmo que a desembargadora do Rio que acusou Marielle Franco de ser associada ao tráfico, por ouvir dizer.

Comentários

  • pupeteer -

    Que mudança hein? Mudar de Luma de Oliveira para Sebastião Braulio de Oliveira é duro Muito duro

  • Edilson -

    Esse Gilmar já deu todos os sinais da sua índole. Já deveria ter sido afastado do STF, pois sua conduta de pessoa que vive procurando causar tumulto em tudo, para que se tire a atenção de algo que ele defende, já virou filme da sessão da tarde.

  • Betânia -

    Acho que deveria ter uma lei,para que todo brasileiro pudesse ter acesso as redes sociais de todo político,pois assim poderíamos demonstrar nossa insatisfação,principalmente para os ministros corruptos que estão tentando mudar as leis para beneficiar esse ladrão!a maioria dos brasileiros estão aguardando anciosos para ve-lo preso. Eles estão inventando que o Eike correu o risco de ser estrupado como desculpa para mudar as leis. Será que teremos que ir para as ruas e mostrar nossa insatisfação? Acorda Brasil!!!!!

Ler 208 comentários