ACESSE

Gilmar substitui Celso de Mello em ação contra reeleição de Maia e Alcolumbre

Telegram

Gilmar Mendes foi definido como novo relator no STF da ação movida pelo PTB contra as reeleições do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre.

O relator original, Celso de Mello, alegou “razões de foro íntimo” para não assumir a relatoria –o ministro passa por problemas de saúde, segundo sua assessoria, e poderá ter de fazer nova cirurgia.

Na sua ADI (ação direta de inconstitucionalidade), o partido de Roberto Jefferson alega que a eventual recondução de Maia e Alcolumbre às presidências das duas Casas feriria a Constituição.

Sorteado como novo relator, Gilmar pode decidir monocraticamente sobre o caso.

Leia mais: Major Olímpio sobre Bolsonaro: 'Tivemos um rompimento de ordem pessoal justamente por ele me pressionar para tirar assinatura da CPI da Lava Toga, para retirar pedidos de impeachment contra ministros do STF, para defender o filho'

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 81 comentários