Gilmar suspende ação penal contra Serra e ordena 'acesso imediato' a tudo que houver contra o tucano

Gilmar Mendes ordenou a suspensão da ação penal contra José Serra e a filha dele, Verônica Serra, pelo crime de lavagem de dinheiro vinculado a supostos pagamentos de propina feitos pela Odebrecht ao senador tucano.

Em decisão publicada em 20 de agosto e mantida em sigilo pelo STF, o ministro determinou ainda que a defesa de Serra tenha “acesso imediato” a “tudo o que contra ele houver” nas investigações da Lava Jato que apuram supostos crimes praticados pelo senador.

A decisão de Gilmar amplia o alcance da liminar a favor de Serra concedida por Dias Toffoli em 29 de julho, durante o plantão judiciário.

LEIA AQUI a reportagem de Fabio Leite na Crusoé.

Leia mais: CENSURA À IMPRENSA: O EXEMPLO QUE VEM DO SUPREMO
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO