Gilmar vai assumir caso de Deltan na licença de Celso

Gilmar vai assumir caso de Deltan na licença de Celso
Foto: Carlos Moura/SCO/STF

Durante a licença médica de Celso de Mello, caberá a Gilmar Mendes analisar o recurso que o Conselho Nacional do Ministério Público prepara para retomar processos que podem afastar Deltan Dallagnol da Lava Jato.

Pelas regras regimentais do STF, Gilmar Mendes herda os casos do decano durante o afastamento, uma vez que é o ministro mais antigo depois dele na Segunda Turma.

O processo será redistribuído, provisoriamente, quando Celso de Mello iniciar a licença, que por ora, é por tempo indeterminado. Ele faz uma cirurgia amanhã.

Anteontem, Celso de Mello suspendeu a tramitação de dois processos movidos contra Deltan por Renan Calheiros (MDB-AL) e Kátia Abreu (PP-TO), em razão de uma série de irregularidades na tramitação.

Ontem, ao comunicar ao STF, Augusto Aras comunicou ao STF ciência da decisão, mas avisou que um dos processos pode prescrever caso a tramitação não seja retomada.

Leia mais: Moro exclusivo: 'Vamos mesmo punir Deltan Dallagnol?'
Mais lidas
  1. Governo estima que mortes por Covid cheguem a 2 mil por dia

  2. Exclusivo: assessor de Mourão procura Congresso: "É bom estarmos preparados"

  3. AGÊNCIA DA ALEMANHA RECOMENDA QUE VACINA DA ASTRAZENECA NÃO SEJA USADA EM MAIORES DE 65 ANOS

  4. "Mega epidemia daqui a 60 dias"

  5. Vacina da Pfizer mostra eficácia de 92% em Israel em 1º resultado fora de ensaio clínico

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 175 comentários
TOPO