Gilmar vota por livrar deputado preso

Telegram

Gilmar Mendes votou pela suspensão da condenação do deputado João Rodrigues (PSD-SC), que cumpre pena de 5 anos e 3 meses de prisão na Papuda, no regime semiaberto.

Ele teve um recurso contra a condenação negado em fevereiro pela Primeira Turma do STF, que determinou o cumprimento da pena por crimes em licitações.

Gilmar Mendes disse que houve erro, porque os crimes teriam prescrito, já que passaram mais de 8 anos entre a condenação na 1ª instância e o julgamento do recurso.

Rodrigues dorme à noite na prisão e quer suspender a pena para assumir novo mandato na Câmara.

Comentários

  • Luiz -

    Mais R$ 3 milhõezinhos no bolso de Gilmar Mendes e sua turma. É o que alguém sustenta.

  • Juliano -

    Tá , pode soltar. Mas independente da pena ter prescrito, ele foi condenado. Não deveria ter sido incluído na lei da ficha limpa ?

  • Carlos -

    Espero mudanças estilo EUA, parlamentar roubou, banido da política, for life. Sejamoa menos tolerantes, menos Gilmar Mendes e menos Lewandowsky

Ler 75 comentários