Gilmar/Joesley: sub-relator da CPMI da JBS quer investigação

Hugo Leal, do PSB do Rio de Janeiro, sub-relator da CPMI da JBS ainda não se conforma com o fim dos trabalhos da comissão, na semana passada.

Sobre as revelações da mais recente edição da Veja, sobre as relações entre Gilmar Mendes e Joesley Batista, o deputado lembrou a O Antagonista que em seu relatório propôs “a criação de uma CPMI para apurar exclusivamente o favorecimento, por parte de agentes públicos, de empresas que dispõem de créditos tributários contra a União em troca do recebimento de vantagens indevidas”.

Essas apurações incluiriam os patrocínios por parte das empresas dos irmãos Batista.

“Muita coisa ainda vai surgir”, afirmou o parlamentar.

Comentários

  • Adalberto -

    Qual é o drama, Antagonistas? Tudo o que envolva Joesley Safadão - como vocêes bem sabem - é sempre altamente suspeito. E se ele está metido em algo, isto deve ser investigado. Pelo que devem ser investigados Gilmar Mendes, Rodrigo "Rei do Bambu" Janot, Marcelo "Não foi crime, foi lambança" Miller, Eduardo "Tenho medo de CPMI" Pelella e quaisquer outros que tenham estado em contato com aquele cafajeste a quem vocês tanto e tão alegremente apoiaram durante aquela maracutaia derrotada, exposta e desmoralizada que ele ajudou a armar. Estou certo de que vocês pedirão investigação de todos...

  • Roberto -

    Bem seletivo o rapaz do PSB. A relação de Janot, Miller e JBS não interessa, mas a relação de Mendes e JBS interessa. Porque não os dois? Esse país não vai mesmo. Tem Globo, Antagonista, Estadão, Folha, Veja, Época etc. Desses ninguém quer ver Janot, Fachin, Lula responderem pelos crimes que praticaram. Prendendo só o Gilmar Mendes é o suficiente.

  • Luizs -

    O caminho está correto.

Ler 5 comentários