Gira, gira, Lindbergh

A TV Senado não capta, mas Lindbergh está mais inquieto do que nunca.

Não para de girar em sua cadeira.

Lindbergh está tonto.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 49 comentários
  1. Este golpe começou no STF, com a retirada do Cunha da câmara, Teori não é inocente, PGR mandando todos que podem para o STF para garantir o fórum privilegiado. Tudo calculado, Dilma dando uma de égua, de não sabia, o que esta acontecendo. Tá certo que o brasileiro é inconsequente e sempre jogou seu voto na latrina, mas este pais e seu povo merecem um minimo de respeito e seriedade. Estão fazendo tudo para os militares inferirem e justicar a farsa do golpe.

  2. Não tenho dúvida de que a saída às carreiras do Cunha faz parte da jogada. Estão metidos nela o AGU, o PGR e o Teori, na primeira fila, e todos os demais “ministros” do Supremo, apoiando o descalabro.

  3. Os militares estão bem quietos até o momento, mas não sei até quando. PT + RENAN + quase todos no STF + TEMER + o resto da quadrilha estão abusando tanto, que não sei não… O povo não aguenta mais. O país não aguenta mais este estado de coisas. Aguardemos para ver o que farão RENAN e o STF.

  4. Muito estranho a saída do Cunha da Câmara pela ação do STF na semana passada. Se realmente isso foi calculado, peço a intervenção civil/militar para dissolver o STF, Congresso, Senado, cancelamento do registro do PT e prisão imediata de todo o PT e seus aliados que participaram deste golpe. Estamos a um passo de nos tornarmos uma Venezuela.

  5. Essa atitude do Presidente Interino da Câmara (me repugna dizer seu nome) não acontece por acaso. Tudo foi urdido com maligna sabedoria criminosa pelos bandidos que governam o Brasil. A rapidez com que Teori removeu Cunha; a posse imediata do Interino (listado na Lava-Jato) depois de se articular com Lula; Dino; JEC; por fim a canetada. Renan está ou não está? Sem remoção do PT do poder e mudanças drásticas nas leis, com severas punições para políticos corruptos, dentre outras, o Brasil não tem jeito.

  6. SO TEMOS DUAS HIPOTESES PARA ESSA PSEUDO-REPUBLICA A – OS MILITARES ACORDAM E ARRUMAM A CASA, PRENDENDO TODOS OS BANDIDOS B- O POVO TIRA A CANALHADA DE BRASILIA A BALA

  7. Se não voltarmos para a rua, em dobro, esses trastes vão acabar tomando o poder definitivamente. Não é pra daqui a dois meses. É pra ontem. Onde é que estão os movimentos com sua capacidade de mobilização? Se eles não se manifestam, que seja algo realmente espontâneo. Por exemplo: Todo mundo em casa amanhã mostrando que se não cumprirem a lei e agirem com moralidade, paramos o pais? Usem a internet, se mexam. Já estou mandando mensagens para os endereços que tenho, de deputados, senadores e personalidades do judiciário. Queria ter tambem os endereços dos oficiais Generais.

  8. Está tudo combinado… que pena!!! Perderam o medo das ruas… fiquem em casa, só comemorem caladinho em casa… que todos verão/veremos estas e outras mais manobras… => Cadê o povo na rua!??????? Cadê as manifestações???? Aonde os movimentos pró-Impeachment?????? Povo nas ruas já!!!!!! Manifestações na Câmara e no Senado e no STF já!!!!! Todos acompanhando de perto. Nas ruas. Já!!! O povo brasileiro não aceita manobras. Impeachment já!!! E os srs Movimentos pró-impeachment… acordem! Movimentações já!…

  9. Petistas na TV: “Sempre foi previsto, nós sempre dissemos que era inconstitucional, nós vamos defender o governo e a presidentA Dilma, e nós vamos às ULTIMAS CONSEQUENCIAS”.. se ISTO não são as ultimas consequencias, o que mais pode vir pela frente???

  10. Por muito menos os Bravos Generais de 1964 tomaram conta do país e botaram ordem e é o que estamos esperando de nossas FFAA……………Então senhores generais, se os senhores não estão envolvidos na corrupção, os senhores vão continuar se mixando ou vão mostrar para que ou para quem servem as Forças Armadas !

  11. Não imaginei que viveria viver para ver tanta desfaçatez! Nós permitimos que a mediocridade e a desonestidade se aboletassem desta maneira no poder! Nós agora somos os responsáveis por extirpar essa quadrilha e todas as suas ramificações!

  12. CLARO QUE FOI!.. Dilma, em seu discurso hoje, já estava sabendo e anunciou isso!.. JEC estava com Maranhão esta madrugada!.. Que papelão essa gente está se prestando!.. É pra terminar não com honra, mas cobertos de vergonha!.. Espero que esse episódio seja o suficiente pra extrair esse Maranhão de vez da Câmara!..

  13. Depois de tantos dias transcorridos desde 17/4/16, depois de chegar ao Senado, há essa decisão? E se acreditou que a ação da Rede teria tal condão… Esse afastamento de Cunha foi para lá de oportuno! Veremos se a Câmara Federal reage a contento. Acho que do STF não vai sair nada..

  14. Que País é esse??? Este B.O.S.T.A DESTE ANALFABETO TEM QUE SER IMEDIATAMENTE PRESO! Além de ser D.É.B.I.L. MENTAL ele esta na bica para ser preso! Esta decisão é nula! Ele está querendo aparecer! A PF e o MPF, devem ser inflexíveis com este b.a.n.d.i.d.o!

  15. PONTO CRÍTICO – PONTO DE FUSÃO – PONTO DE EBULIÇÃO – PONTO DE FISSÃO – PONTO DE INFLEXÃO – PONTO FINAL – PONTO DE EXCLAMAÇÃO – PONTO MORTO – A PONTO DE PERDER A CABEÇA ….

  16. Francischini no facebook: “AO VIVO – URGENTE – Francischini pede ao STF anulação da decisão de Waldir Maranhão O deputado Fernando Francischini (Solidariedade-PR), membro titular da Comissão Especial do Impeachment na Câmara dos Deputados, protocola nesta segunda-feira (09), Mandado de Segurança no STF pedindo a anulação da decisão do presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão, sobre a suspensão do processo de impeachment de Dilma Rousseff. “

  17. A armação é a seguinte: Afasta-se Cunha e Maranhão, o larápio, assume e anula o Processo. Simples assim. As instituições brasileiras nos fazem corar de vergonha.

  18. Esse medo é nosso, das pessoas comuns. Um deputado não pode ter “esse” medo, já tem que ter convicção formada, de que se trata de uma quadrilha de bandoleiros saqueadores que querem voltar ao local do crime pra terminar o serviço. Inadmissível políticos (da oposição) serem tão ingênuos, despreparados e fracos.