Girão lembra que governo Bolsonaro foi eleito com bandeiras que hoje ignora

Girão lembra que governo Bolsonaro foi eleito com bandeiras que hoje ignora
Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

O senador Eduardo Girão (Podemos) comentou com O Antagonista o fato de não constar as PECs do fim do foro privilegiado e da prisão em segunda instância entre as 35 prioridades de Jair Bolsonaro enviadas ao Congresso.

“O governo erra em não priorizar essas duas matérias, que são demandas legítimas de uma sociedade que anseia, há tempos, uma justiça igual para todos. O governo perde a oportunidade de contribuir para a formação de um verdadeiro marco divisor de águas no combate à impunidade, chaga que deixa nossa nação de joelhos para a corrupção.”

Girão se viu na obrigação de lembrar:

“Não podemos nos esquecer de que esse mesmo governo foi eleito, em 2018, justamente com essas bandeiras, para as quais, infelizmente, tem virado as costas, com a ajuda do Centrão e do STF.”

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO