Gleisi e PB, supostamente

Teori Zavascki, em seu voto no julgamento que transformou em réus Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo, destaca os “inúmeros indícios” dos crimes praticados pelos dois no âmbito da “estrutura criminosa” da Petrobras.