​Gleisi perde a primeira

Antes mesmo de Ricardo Lewandowski assumir a presidência da sessão, no julgamento do Senado, Gleisi Hoffmann tentou retardar, mais uma vez, o impeachment.

Ela defendia que, para ter início, a sessão deveria contar com a presença de 41 senadores.

Não, senadora, disse Lewandowski: quatro são suficientes.

Faça o primeiro comentário