Gomes deve ficar com primeira-vice-presidência do Senado

Gomes deve ficar com primeira-vice-presidência do Senado
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Pelo acordo que fez o MDB rifar a candidatura de Simone Tebet, o partido ficará com a primeira-vice-presidência do Senado em eventual gestão de Rodrigo Pacheco (DEM).

Davi Alcolumbre, ao fechar o acordo, quis interferir na bancada emedebista, emplacando o nome: o de Fernando Bezerra Coelho, que pode acabar deixando a liderança do governo Bolsonaro no Senado.

Caciques do MDB, porém, disseram que não abrem mão de indicar o ocupante do cargo, que deverá ser Eduardo Gomes, atual líder do governo Bolsonaro no Congresso.

Eduardo Braga foi reconduzido à liderança da bancada ontem e disse a O Antagonista que “não faz sentido” querer disputar a vaga com Gomes, ao contrário do que relatou a este site um colega seu.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
TOPO