Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Google diz à CPI da Covid que não pode fornecer dados de Bolsonaro

Comissão aprovou quebra de sigilo telemático do presidente desde o início da pandemia
Google diz à CPI da Covid que não pode fornecer dados de Bolsonaro
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Em resposta à CPI da Covid, o Google Brasil informou que não pode fornecer os dados requisitados pela comissão referentes à quebra do sigilo telemático do presidente Jair Bolsonaro (foto) desde o início da pandemia.

De acordo com o Google, a discussão sobre o fornecimento desses dados tramita no STF. Em 27 de outubro, a Advocacia-Geral da União apresentou ao Supremo um mandado de segurança contra o requerimento da CPI.

“Desse modo, até que sobrevenha decisão quanto ao pedido formulado no mandado de segurança em questão, a Google respeitosamente entende que está impossibilitada de executar a quebra de sigilo telemático objeto do Requerimento aprovado por essa Comissão Parlamentar de Inquérito em 26 de outubro último, diz o Google.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO