Governador do Pará solicita a Moro apoio da Força Nacional

Helder Barbalho se reuniu hoje com Sergio Moro para reiterar o pedido de apoio da Força Nacional na segurança do Pará, informa o G1.

O pedido inicial de Barbalho era o deslocamento de 500 homens para o estado. Segundo o governador, ainda não há confirmação do apoio federal, mas há a expectativa de contar com pelo menos 200 homens a partir de março.

Segundo o Atlas da Violência de 2018, com dados de 2016, o Pará tem quase 51 assassinatos anuais a cada 100 mil habitantes. Em todo o Brasil, a taxa é de 30 por 100 mil.

Por que o sucesso de Bolsonaro depende do sucesso de Moro. Leia aqui

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 86 comentários
  1. É outro incompetente que quer se fazer de bobo. Está na cara que quer causar uma Intervenção Federal a todo custo. Preferem afundar o BR do que ser digno e respeitar o eleitor – Dr. Moro não crei

  2. A esquerda do norte e nordeste irá de todas as maneiras emplacar uma intervenção federal afim de obstruir votações no Congresso. Só que não irá rolar e ainda perderão os votos que ainda possu

  3. Não tem problema! A intervenção federal vira intervenção militar nacional e aí os coronéis terão que comer nas mãos dos militares. O bom disso(se vier) é que o $TF será dissolvido e coroné

    1. Intervenção Federal é o que os comunistas querem, por que o Congresso Nacional não pode aprovar nada e eles protocolam impeachment do Bolsonaro por não aprovar as reformas previstas em Lei.

  4. A quadrilha de Hélder Barbalho desgoverna o Pará há anos! Agora vem pedir ajuda a Sérgio Moro! Que se virem pra lá e peçam ajuda a Zé Dirceu, que está insullflando a desordem! Quando será pre

  5. Muito engraçado isto – Primeiro o Ceará do PT e Pará do MDB (ambos de oposição ao Bolsonaro) já no mês de janeiro nem 15 dias de exercício pedem ajuda ao Dr. Moro. Antes, na era PT estava tudo

    1. É verdade, o ministério da justiça tem que ajudar, mas os pidonchas são sempre aqueles contra o governo atual, petistas ou emedebistas puxas-saco do Renan e Sarney. Sintomático, né?

  6. Os senhores são eleitos nesse estado há gerações. Os eleitores cabrestados os elegem há anos. Se o estado dos senhores está uma merd@, se virem. Deixem a federação em paz.

  7. Ceará, Espírito Santo, Pará… gostaria de saber se esses governos estão mostrando incompetência. Afinal, se não estão conseguindo manter a ordem em seus estados, isso seria o que?

  8. O plano do PT era perder de pouco na eleição. Para isso usaram a urna eletrônica no nordeste. Agora a meta é perturbar o novo governo sob o comando de Dirceu, de preferência com apoio dos “Tadeu

  9. Picas ! Coroneis e comunistas estão acabados. Se moitarem serão esmagados. Se deixaren a moita serão desmascarados. Solução : desgastar com TERRORISMO. A facada foi o inicio. Agora RN e PA.

  10. A hora que houver uma lei que responsabilize, no caso, governadores, por má gestão ou incompetência com os negócios do estado, com punições…e tem neguinho afrouxando a LRF. É uma festa, fica

    1. O plano dos governadores esquerdistas do nordeste é desestabilizar o governo Bolsonaro. Começaram pelo Ministério da Justiça. Moro é um bom juiz mas é muito ingênuo na política.

    1. Foi isso que Paulo Guedes falou, os governos estaduais querem ajuda do governo federal, e este quer a ajuda dos governadores para aprovar as reformas no Congresso…

  11. Faça-me o favor. Só querem o bônus…e o povo, junto com o resto do País, é que pagam pela incompetência? Força Nacional gera custo, e alto. Acaba o mandato e Hélder sai numa boa? Assim fica f

  12. Só ontem foram uns cinco; hoje mais dois. Todo dia tem execução. A maioria envolvidos com crime ou por ser policial. Em 2018 foram mais de 2 mil crimes. 2019 parece que não vai ser muito diferent

  13. Os Estados vem mentido nessas “estatísticas” onde prevalece o ditado de que “papel aguenta tudo”. Esses fantoches do crime organizado não fazem estatística de nada. São irresponsáveis ricos d

  14. Se o governador é incompetente p controlar a violência em seu estado, que não é novidade nem é de hoje, o quê ele está fazendo no cargo? PEDE PRÁ SAIR! Ou não existia nada disso durante a cam

    1. Esse é o plano de Dirceu, solto em pleno cumprimento da pena com condenação em segunda instância e outros pre-requisitos. Só quem não viu crime algum em Dirceu foi o STF e Toffoli em especial.

  15. Quando o narcotráfico mais o crime organizado juntamente com o Estado formam uma COISA só, então, perde-se totalmente o conceito de certo/errado, legal/ilegal, gerando o caos. Gramsci sorri no túm

  16. E quando se candidatou não sabia disso? Por que o fez, pra resolver os problemas do Pará ou apenas sentar no trono? Faça sua tarefa e NÃO a jogue no colo do Juiz Moro! Palavras o vento leva! Traba

    1. Mas todo o Brasil pagou a intervenção no RJ né?! Não sou do Pará, mas isso não tem nada a ver, ridículo isso de “carioca e paulista”, parece preconceito.

    1. A intervenção no Rio foi iniciativa do governo federal que precisava de um pretexto pra não votar a reforma da previdência porque sabia que perderia.

  17. Esse pessoal está transmitindo ao governo federal as responsabilidades dos estados que administram. Assim não dá, né? Cada um que cuide do seu quadrado, porra! Ou então entregue o cargo.

  18. Violencio no Rio? intervenção federal, criminosos mudam de estado, ai vai no Pará, intervenção federal, depois SP, MG, etc, todos pedindo intervenção federal e nunca resolvendo o problema

    1. Com certeza é uma armadilha pra desgastar o governo. O Objetivo é sobrecarregar o Moro pra ammhã dizer que a culpa é do Governo Federal. Dever vir mais pedidos por aí. O Moro que abra o olho