Governadora petista rebate Bolsonaro: "Que visão mais arcaica, fisiológica, antirrepublicana!"

Governadora petista rebate Bolsonaro: “Que visão mais arcaica, fisiológica, antirrepublicana!”
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), também foi ao Twitter criticar Jair Bolsonaro por jogar no colo dos governadores a responsabilidade pelo iminente colapso nos sistemas de saúde no momento mais grave da pandemia da Covid-19 no Brasil.

Ela escreveu uma série de mensagens:

“Lamentável que, neste contexto de calamidade, o país à beira de um colapso hospitalar, quando o que mais precisamos é de união e ações concretas para salvar vidas, tenhamos que vir a público desmentir um quadro de inverdades como esse.

Assim como outros colegas governadores, quero esclarecer que mais de 80% desses recursos que o presidente cita que enviou aos estados são oriundos das chamadas transferências constitucionais, ou obrigatórias, frutos da arrecadação de tributos dos próprios estados e municípios.

Ou seja: NÃO são verbas do Governo Federal! A União apenas recolhe e faz a redistribuição entre os estados e municípios.

Da mesma forma ocorre com algumas transferências que fazemos aos municípios, como o ICMS, que também são obrigatórias e não uma decisão do Governo do Estado.

E isso não é favor! Nem da União para os estados, nem dos estados para os municípios. Que visão mais arcaica, fisiológica, antirrepublicana! Isso é dever, isso é pacto federativo, como determina a nossa própria Constituição!

O que a população mais necessita agora é de vacina! É de uma força-tarefa para frear a pandemia o mais rápido possível! Não da propagação de mais desinformação. A prioridade, em TODAS as instâncias, deve ser salvar vidas!”

No fim de semana, o presidente da República reagiu a medidas restritivas impostas pelos governadores — incluindo os que o apoiam –, dizendo que a União enviou um monte de dinheiro para eles desde o início da pandemia e, assim, responsabilizando-os pelo iminente colapso nos sistemas de saúde. Mais cedo, como noticiamos, governadores de 16 estados rebateram Bolsonaro em uma carta conjunta.

Leia mais: A Crusoé foi verificar in loco a farsa perpetrada pela ditadura venezuelana elogiada pelo PT na época de Lula, e encontrou um cenário desolador.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO