Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Governo acredita que terá votos para aprovar indicação de Mendonça na CCJ e em plenário

Nas contas de parlamentares alinhados ao Planalto, o ex-AGU terá o apoio de pelo menos 50 senadores; indicação ainda depende de sabatina
Governo acredita que terá votos para aprovar indicação de Mendonça na CCJ e em plenário
Marcos Corrêa/PR

Os integrantes da base governista no Senado acreditam que terão votos suficientes para conseguir aprovar a indicação do ex-AGU André Mendonça tanto na CCJ quanto no plenário.

Até o momento, o presidente da CCJ, Davi Alcolumbre (DEM-AP), ainda não pautou a sabatina de Mendonça no colegiado. Como mostramos mais cedo, a expectativa é que o parlamentar deixe a análise da indicação para o último dia do esforço concentrado.

Na CCJ, calculam os parlamentares governistas, Mendonça deve ter pelo menos 17 dos 27 votos do colegiado. Em plenário, o cálculo é que 50 parlamentares endossem a indicação do presidente Jair Bolsonaro. Para se tornar ministro do STF, Mendonça precisaria de, no mínimo, 41 votos.

Mais notícias
TOPO