Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Governo Bolsonaro privilegia TVs religiosas em campanha de vacinação

Estudo da Repórter Brasil mostra que canais de conteúdo religioso receberam, juntos, 7 vezes mais anúncios do que a Globo
Governo Bolsonaro privilegia TVs religiosas em campanha de vacinação
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O governo Bolsonaro decidiu priorizar TVs religiosas e canais de menor audiência para divulgar propagandas sobre a vacinação contra a Covid, diz o Uol, após um levantamento realizado pela Repórter Brasil.

O estudo ainda mostra que canais alinhados ao Planalto, como SBT, Rede TV! e Record TV, também foram privilegiados na divisão das publicidades e que a Globo, emissora de maior audiência do país e considerada inimiga do governo, ficou em segundo plano.

A pesquisa, que considerou 11 campanhas do Ministério da Saúde no primeiro semestre deste ano, revela que os canais religiosos ou que alugam a maior parte da grade para igrejas foram contratados para receber 544 propagandas (o equivalente a 20% do total), enquanto a Globo exibiu 80 peças (o que representa 3%), e, principalmente, fora do horário nobre. Significa que as TVs de conteúdo religioso receberam, juntas, 7 vezes mais anúncios do que a Globo.

Questionada pela Repórter Brasil sobre a distribuição de verbas publicitárias para a campanha, a pasta ainda não se pronunciou, segundo o Uol.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....