Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Governo Bolsonaro tem problemas para combinar narrativa no caso da Covaxin

Ministro da Saúde diz que vai suspender compra da vacina indiana horas depois de o líder do governo no Senado alegar que a pasta examinara o contrato sem ver irregularidades
Governo Bolsonaro tem problemas para combinar narrativa no caso da Covaxin
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Na sessão da CPI da Covid nesta terça-feira (29), como publicamos, Fernando Bezerra, o líder do governo no Senado, afirmou que Jair Bolsonaro havia ordenado a investigação das denúncias de irregularidades envolvendo a compra da vacina indiana Covaxin.

Segundo Bezerra, a responsabilidade pela averiguação coube a Élcio Franco —na época, número dois do Ministério da Saúde; hoje, assessor especial da Casa Civil—, e a pasta verificou que “não havia qualquer tipo de irregularidade contratual”.

Horas depois, como também publicamos, Marcelo Queiroga veio a público dizer que a Saúde, o mesmo ministério que alegadamente não viu problema no contrato da Covaxin, vai suspendê-lo.

O governo Bolsonaro parece estar com sérios problemas para combinar sua narrativa.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO