Governo Bolsonaro tem visão "extremista" e "belicista", diz Flávio Dino

De olho na eleição presidencial de 2022, o governador do Maranhão, Flávio Dino, do PCdoB, voltou a criticar hoje o governo de Jair Bolsonaro — desta vez, por ter decidido excluir os governadores do Conselho Nacional da Amazônia Legal.

“É um método geral do governo Bolsonaro, infelizmente. Uma visão extremista, belicista, de afastamento de setores sociais, políticos e econômicos, e isso não é bom para a democracia brasileira”, afirmou o comunista em entrevista à TV Globo.

“A presença dos governadores no Conselho da Amazônia iria qualificar a sua atuação e traria mais resultados para o país. […] Nós defendemos uma visão de diálogo e união, porque, no que se refere ao meio ambiente, é preciso ultrapassar barreiras ideológicas.”

COMO ELE VIROU O VICE QUE BOLSONARO QUER. Saiba mais

Dino só pensa naquilo.

Comentários

  • CLAUDIO -

    Vai dar 1/2 hora de khu com o relógio parada, fdp!

  • ANTONIO -

    Tu foi o primeiro a encontrar Macron e acho que até incentivou ele a invadir o país, afinal de contas comunista adora invasão

  • DULCE -

    E você tem visão de comunista! Esquerda-caviar!

Ler 71 comentários