Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Governo de Alagoas quer proibir venda da Braskem

A Procuradoria Geral de Alagoas abriu uma ação para evitar que a petroquímica Braskem seja vendida sem a unidade da companhia no estado.

A empresa é acusada de ser responsável por crateras e rachaduras que comprometeram construções em três bairros de Maceió.

O governo de Alagoas anunciou hoje a abertura da ação, informando que “quer assegurar o ressarcimento integral dos danos ambientais, patrimoniais, sociais e morais causados pela empresa ao meio ambiente, aos moradores e ao Estado na região dos bairros do Pinheiro, Mutange e Bebedouro, em Maceió.”

A Defesa Civil Nacional declarou estado de calamidade na capital de Alagoas no sábado, dia em que o governador Renan Filho estava em viagem, assistindo à final da Champions League em Madri.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO