Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Governo decide esperar antes de novas medidas contra a Ômicron

Representantes da Anvisa e de 5 ministérios se reuniram no Planalto na noite desta terça (30); nova variante do coronavírus teve 2 casos confirmados no país
Governo decide esperar antes de novas medidas contra a Ômicron
Foto; NIAID/NIH

Apesar da confirmação preliminar de dois casos da variante Ômicron (foto) no Brasil, o governo federal decidiu esperar por mais informações antes de adotar novas medidas em relação à mais recente cepa do coronavírus, informa O Globo.

Na noite desta terça-feira (30), representantes dos ministérios da Casa Civil, Saúde, Justiça, Infraestrutura, Relações Exteriores e da Anvisa se reuniram no Palácio do Planalto.

No último sábado (27), a vigilância sanitária publicou uma nota técnica sugerindo a adoção de medidas que impeçam a entrada de viajantes de Angola, Malawi, Moçambique e Zâmbia no Brasil —o país já proibiu a entrada de pessoas vindas da África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue.

Segundo o governo federal, porém, após a reunião desta terça, foi decidido que há necessidades de mais esclarecimentos sobre a situação epidemiológica nesses países antes de uma decisão.

O Planalto não se pronunciou sobre outra recomendação da Anvisa —a obrigação de vacinação para entrada no Brasil por ar e por terra.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....