ACESSE

Governo deve reformular Minha Casa, Minha Vida

Telegram

O Governo quer limitar acesso ao Minha Casa, Minha Vida a famílias que tenham renda de até sete salário mínimos.

Esse é um dos pontos apresentados hoje pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, em audiência na Câmara.

Canuto ainda defendeu a reformulação do Minha Casa, Minha Vida, incluindo capacitação profissional dos atendidos e regionalização do programa.

“Entendemos que ao definir salários mínimos como limite para acessar o programa, isso nem sempre é justo, porque o Brasil é muito amplo e as regiões são muito diferentes. O poder de compra de um salário mínimo na região metropolitana de São Paulo não é o mesmo poder de compra no interior do agreste pernambucano. O programa deve atender as pessoas que estão na mesma situação de vulnerabilidade.”

Como políticos agiram para enfraquecer Sergio Moro. Leia aqui

Comentários

  • Tiago -

    Esse programa deveria acabar e nao ser substituido. Programa de habitaçao é emprego.

  • Diogenes -

    Será que vão rever também o critério sub reptício da religião? Porque 99,9% dos contemplados são evangélicos e as inscrições são basicamente comandadas por pastores em currais eleitorais...

  • Polistyca -

    lula é um animal.

Ler 16 comentários