Governo diz que vermífugo é eficaz no tratamento da Covid-19, mas não mostra estudo

Governo diz que vermífugo é eficaz no tratamento da Covid-19, mas não mostra estudo
Foto: Alan Santos/PR

O ministro Marcos Pontes, da Ciência e Tecnologia, afirmou há pouco que a pasta concluiu os estudos e conseguiu comprovar que a nitazoxanida, um vermífugo, reduz a carga viral de pacientes contaminados com a Covid-19.

O resultado foi divulgado em um evento no Planalto. O estudo, no entanto, não foi apresentado, e o governo ainda não publicou o exame em nenhuma revista científica.

“O que posso dizer é que nós temos, agora, um medicamento comprovado cientificamente que é capaz de reduzir a carga viral. Significa que reduz o contágio para as pessoas que tomam os exames. Com isso, reduz a carga viral, reduz a capacidade de contágio e reduz também a força do vírus e a possibilidade de o infectado se hospitalizar e morrer.”

A professora Patrícia Rocco, da UFRJ, afirmou que os detalhes do estudo não podem ser divulgados ainda, porque o governo tenta publicar o resultado da pesquisa em uma revista científica.

O estudo foi realizado com 500 pacientes infectados pela Covid-19 e que apresentavam os sintomas da Covid-19 há poucos dias. Em maio, Pontes afirmou que, em testes laboratoriais, o vermífugo teria reduzido em 94% a carga viral.

Leia mais: Se você quer por à prova o discurso oficial de que "aqui não tem corrupção", eis sua chance
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 47 comentários
TOPO