ACESSE

Governo do AM anuncia reabertura do comércio em Manaus sem apoio do prefeito

Telegram

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), anunciou nesta semana que o comércio e as igrejas terão suas atividades retomadas a partir da próxima segunda-feira (1º) em Manaus.

Contrariado, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), acatou a decisão.

“Eu não faria um plano de reabertura agora, mas, como foi feito, coloco toda minha torcida para o êxito. Vamos lutar para que dê certo, mesmo eu não concordando com a ideia (…). Temo por uma segunda onda, um segundo pico, que pode ser ainda mais grave”, disse, em comunicado oficial.

Como mostramos, a pressão da bancada evangélica foi decisiva para Lima determinar a reabertura das igrejas. O presidente da frente, Silas Câmara, é deputado eleito pelo estado.

“A nossa luta e a nossa alegria é para que a abertura seja em 31 de maio. Para nós, cristãos, domingo é o dia da benção”, disse ele, em vídeo nas redes sociais.

Leia também: EXCLUSIVO: MORO ATACA

Comentários

  • Carlos -

    Esses evangélicos são uma praga.

  • José -

    Economias detonadas em nome de uma histeria de fundo político. Muito barulho por nada. Bozo está certo!

  • Pedro -

    O governador tratorou o prefeito b.o.s.t.a Virgílio que só ficava enchendo o saco do MITO. CHUUPA PÊTÊBOSTA ESTRUME!!

Ler 18 comentários