Governo indica novos nomes para o Conselho de Administração da Petrobras

Governo indica novos nomes para o Conselho de Administração da Petrobras
Foto: Divulgação/Petrobras

O governo federal indicou, na manhã de hoje (8), os nomes de seis membros para o Conselho de Administração da Petrobras.

Além de Joaquim Silva e Luna, escolhido para comandar a estatal, foram indicados para compor o colegiado Márcio Andrade Weber, Murilo Marroquim de Souza e Sonia Julia Sulzbeck Villalobos.

O governo sugeriu também a recondução de Eduardo Bacellar Leal Ferreira para presidir o Conselho de Administração e de Ruy Flaks Schneider. Os dois são integrantes da ala militar.

As vagas para o conselho da estatal surgiram após quatro membros pedirem para deixar o cargo na semana passada, após a intervenção do presidente Jair Bolsonaro na estatal. O Conselho de Administração da petroleira tem 11 membros.

Saiba quem são os novos conselheiros

Eduardo Leal Ferreira

É atualmente presidente do Conselho de Administração da Petrobras. É almirante de esquadra da reserva e foi comandante da Marinha do Brasil até janeiro de 2019. Além da Escola Naval, Eduardo Leal Ferreira fez cursos de pós-graduação na Escola de Guerra Naval do Brasil e na Academia de Guerra Naval do Chile.

Joaquim Silva e Luna

É atualmente diretor-geral da Itaipu Binacional. É general de Exército da reserva e serviu no Ministério da Defesa de março de 2014 a janeiro de 2019, como Secretário-Geral do Ministério e como Ministro da Defesa. Além da Academia Militar das Agulhas Negras, onde se graduou na Arma de Engenharia, Joaquim Silva e Luna, fez doutorado em Ciências Militares, mestrado em Operações Militares, pós-graduação em Projetos e Análise de Sistemas pela Universidade de Brasília e em Política, Estratégia e Alta Administração do Exército.

Ruy Schneider

É engenheiro industrial mecânico e de produção formado pela PUC-RIO, além de mestre pela Stanford University. Oficial da reserva da Marinha, cursou a Escola Superior de Guerra. Fundou na PUC-RIO o Departamento de Engenharia Industrial, tornando-se seu primeiro diretor e estabelecendo o primeiro programa de mestrado em Engenharia Industrial no Brasil.

Márcio Andrade Weber

É engenheiro civil formado pela UFRGS, com especialização em engenharia de petróleo pela Petrobras. Ingressou na Petrobras em 1976 onde trabalhou por 16 anos, tendo sido um dos pioneiros no desenvolvimento da Bacia de Campos, e ocupou em seguida diversos cargos gerenciais e de direção.

Murilo Marroquim de Souza

É formado em geologia pela Universidade Federal de Pernambuco, com mestrado em geofísica pela Universidade de Houston, Texas, nos Estados Unidos. Trabalha na indústria de petróleo há 47 anos, tendo exercido atividades em mais de 20 países na América, Europa, África e Ásia. Atuou na Petrobras entre 1971 a 1994, onde ocupou diversas funções gerenciais na área de exploração e produção, tendo sido Diretor da Brasoil UK, em Londres, com atividades de exploração no Mar do Norte e outras Bacias.

Sonia Julia Sulzbeck Villalobos

É bacharel em administração pública e tem mestrado em administração de empresas com especialização em finanças, ambos na Escola de Administração de Empresas de São Paulo (EAESP-FGV). Sonia Villalobos possui mais de 30 anos de experiência no mercado acionário brasileiro, sendo a primeira pessoa na América do Sul a receber a credencial CFA em 1994.

Leia mais: O furo de reportagem de O Antagonista sobre a mansão comprada por Flávio Bolsonaro em Brasília é dissecado na edição desta semana da Crusoé
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO