ACESSE

Governo libera R$ 1,9 bi para pagar 100 milhões de doses da vacina de Oxford

Telegram

Jair Bolsonaro assina nesta tarde uma medida provisória para liberar R$ 1,9 bilhão para a encomenda de 100 milhões de doses da vacina de Oxford no Brasil.

A maior parte do dinheiro (R$ 1,3 bilhão) vai para pagamentos ao laboratório AstraZeneca, pela encomenda tecnológica.

A Fiocruz receberá o restante do investimento: R$ 522 milhões para o processamento final da vacina e R$ 95,6 milhões para a absorção da tecnologia de produção.

Segundo o Planalto, o governo assumiu “parte dos riscos tecnológicos do desenvolvimento da vacina”. Se os estudo comprarem a efetividade da fórmula, o governo liberará mais recursos para ampliar a compra.

“O governo considera que esse risco de pesquisa e produção é necessário devido à urgência pela busca de uma solução efetiva para manutenção da saúde pública e segurança para a retomada do crescimento brasileiro.”

Os testes preliminares mostraram que a vacina da Oxford é segura e tem estimulado a produção de anticorpos e células T que combatem o vírus. A Fiocruz espera começar a produzir a vacina em dezembro.

Leia mais: Combo O Antagonista e Crusoé: comece a ler por apenas R$ 1,90/mês

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 18 comentários