Governo nega acesso à lista de visitas ao Jaburu

O Gabinete de Segurança Institucional da Presidência alegou sigilo e negou o acesso do Estadão à lista de visitas ao Palácio do Jaburu, residência oficial de Michel Temer.

O jornal havia solicitado, por meio da Lei de Acesso à Informação, os registros das visitas a Temer no palácio entre 13 de maio de 2016 e 25 de maio de 2017.

Esse período abrange a “visita gravada” de Joesley Batista, em 7 de março deste ano, sem registro na agenda do presidente.

O GSI justificou a recusa citando um trecho da lei 12.527:

“As informações que puderem colocar em risco a segurança do presidente e vice-presidente da República e respectivos cônjuges e filhos(as) serão classificadas como reservadas e ficarão sob sigilo até o término do mandato em exercício ou do último mandato, em caso de reeleição.”

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Certíssimo Concordo Os petralhas luladrao e a anta não sofreram 1 milésimo desse patrulhamento. Recebiam açougueiros e empreiteiros corruptos e roubaram ‘a vontade. Ninguém da imprensa era macho p pedir essa lista. Agora até isso querem tirar do Temer?? A privacidade? Que gente baixa desqualificada sem escrúpulos!!

Ler mais 19 comentários
  1. Certíssimo Concordo Os petralhas luladrao e a anta não sofreram 1 milésimo desse patrulhamento. Recebiam açougueiros e empreiteiros corruptos e roubaram ‘a vontade. Ninguém da imprensa era macho p pedir essa lista. Agora até isso querem tirar do Temer?? A privacidade? Que gente baixa desqualificada sem escrúpulos!!

  2. O Jaburu é a resistência, domicílio albergado pela proteção do art. 5° da CF, que se refere a todos os brasileiros. O local de trabalho é o Planalto. Tenho para mim que a LAI na residência oficial não cabe.

  3. Ah descobri o motivo, o Joesley não pode aparecer como Visita porque podem pensar que ele levou flores para a Marcela. É o chamado RISCO CONJUGAL. Muito correta a recusa de Temer. Tem que preservar a família.

  4. LEIA-SE:
    “As informações que puderem colocar NA CADEIA, o presidente da República serão classificadas como reservadas e ficarão sob sigilo até o término do mandato em exercício ou do último mandato, em caso de reeleição.”

  5. O general esconde as trapaças de Temer! Que feio, general! O que Duque de Caxias diria sobre um ato tão obscuro de um comandante das Forças Armadas do Brasil? Ele deve estar tapando seu nariz no túmulo tal é o fedor de seus atos, general.

  6. Expliquem por favor; Onde está o risco?
    Fornecer uma relação de nomes põe em risco a vida do Presidente e de sua família?
    Isso é um abuso e descumprimento da lei por parte do Presidente e do Gabinete de Segurança!
    Aliás, descumprir a Lei é com essa Organização Criminosa mesmo!!!