Governo paralelo de Maia negocia vacinas com a China

Governo paralelo de Maia negocia vacinas com a China
Foto: Najara Araujo/Câmara dos Deputados

Rodrigo Maia marcou audiência com o embaixador da China em Brasília, Yang Wanming, para falar sobre o atraso no envio de insumos para a fabricação de vacinas no Brasil. A informação é da Folha.

A reunião será amanhã (20).

escassez de insumos para a produção de vacinas acendeu um alerta no Butantan e também na Fiocruz.

Os insumos para fabricar tanto a Coronavac quanto a vacina da AstraZeneca/Oxford são produzidos na China.

O primeiro lote da Coronavac, que está sendo aplicado no Brasil desde domingo (17), é suficiente para vacinar 1,3% da população.

Leia mais: Crusoé revela documentos de leniência que a holding JBS omitiu da Justiça. Há ainda novos detalhes de repasses feitos a ministros do atual governo e ao Instituto Lula.
Mais notícias
TOPO